Nove ganhadoras do Nobel



Dia 08 de março, dia em que as mulheres são celebradas por suas lutas, batalhas e vitórias. Mas, somo mais do que uma data, somos guerreiras e devemos ser celebradas todos os dias e horas.

Para celebrar a data, escolhi falar sobre 9 ganhadoras do Prêmio Nobel de Literatura. No total são 14 mulheres que já receberam a honraria, mas escolhi apenas 9 pois são as que mais mostram a representatividade e a beleza das mulheres do mundo.


Selma Lagerlöf- Nascida em 1858 na Suécia, Selma foi a primeira mulher a ganhar um Prêmio Nobel de Literatura, em 1909. Ela também foi a primeira mulher a fazer parte da Academia Sueca, em 1914. 


Grazia Deladda- Nasceu na região da Sardenha, na Itália, em 1871 e recebeu o Prêmio Nobel em 1926, pelo livro Caniços ao vento.



Pearl S. Buck – Nasceu nos Estados Unidos, em 1892, mas cresceu na China. Sua escrita aborda histórias do Oriente e do Ocidente, seu livro mais famoso é o romance Boa Terra. Pearl recebeu o prêmio em 1938.



Gabriela Mistral – Primeira mulher latina a receber o Nobel de Literatura, em 1943. Seu nome verdadeiro era Lucila Godoy Alcayaga. Ela nasceu no Chile, em 1899 e era defensora do feminismo e da educação. 


Nadine Gordiner- Nasceu na África do Sul, e foi autora de romances como The Laying Days e A guest of Honour. Foi uma das pessoas que mais lutaram contra o apartheid e recebeu o Nobel em 1991.


 Toni Marrison -  Primeira mulher negra a receber o prêmio, em 1993. Ela é escritora, editora e professora nos Estados Unidos e seus romances abordam tema épicos. 


 Wislawa Szymborska- é considerada a “Mozart da poesia”, sempre usou fábulas, anedotas e metáforas prolongadas, temperadas com ironia e humor amargo em suas histórias. O Nobel lhe foi entregue em 1996.


Doris Lessing-  Recebeu o prêmio em 2007, aos 88 anos e foi a mulher mais velha a receber a honraria. Abandonou a escola aos 14 anos e passou a se educar de maneira independente. Seu primeiro romance A canção da relva, foi publicado em 1950. 


Alice Munro – Primeira autora que escreve apenas contos a receber o Nobel, em 2013. É considerada a responsável por revolucionar a arquitetura do gênero, com quebras temporais. Sua histórias geralmente se passam em pequenas cidades. 

     Obrigada por acompanharem meu trabalho. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog e o canal do Youtube (Clique aqui para se inscrever). Bjoxxx e até a próxima =) 

Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário