[Resenha] Romance entre rendas

  
Título original: Dukes prefer blondes
Autora: Loretta Chase
Editora: Arqueiro

                Há alguns anos, depois que começou a frequentar as temporadas sociais, lady Clara Fairfax foi considerada a mais bela entre todas as jovens da aristocracia. Além de sua beleza, ela também chamava a atenção dos nobres à beira da falência devido a fortuna de sua família, capaz de salvar qualquer um que estivesse muito próximo da ruína financeira, mesmo se o dote da moça fosse dividido em 50 partes. Com uma verdadeira multidão de homens solteiros fazendo fila à porta da sua casa, a jovem prefere recusar todos os pedidos de casamento e permanecer solteira.


                No último ano muitas coisas mudaram, principalmente depois que a jovem passou a ser vestida pelas modistas da Maison Noirot, Clara uma percebeu que poderia tomar as próprias decisões, mesmo indo contra a vontade e opiniões da mãe. E por isso mesmo, ao invés de se deslumbrar com os elogios e propostas de casamento ela prefere se dedicar às causas sociais, ajudando os menos favorecidos, afastando-se assim da aristocracia.


                Assim, em uma de suas visitas à Sociedade das Costureiras para Educação das Mulheres Desafortunadas, a principal instituição ajudada por Clara, um dia após o seu aniversário de 22 anos, a moça de depara com uma situação extrema, na qual precisa defender uma moça desamparada, a Stra Bridget Coppy de um dos líderes das gangues de menores abandonados. Mas, o quê ela não imaginava é que precisaria da ajuda de Oliver Radford para solucionar a questão.

                Oliver Radford, ou Professor Corvo, é um conhecido advogado londrino que luta por aqueles que a maioria finge não vê. Avesso à aristocracia, Corvo sempre precisou lidar com valentões idiotas, em especial seu primo Bernard, atual duque de Malvern, que desde os tempos de escola aprontava para o rapaz.


Ainda criança, Radford conheceu Clara, já que ela é a irmã mais nova dos seus amigos na época da escola. Foi em um desses encontros entre os familiares da moça e Oliver, que a menina perdeu uma lasca do dente da frente para defender o Professor de seu covarde primo. Naquele momento eles mal poderiam imaginar que uma pequena fissura em um dente estaria traçando o destino dos dois para sempre.

                O quê falar sobre as mulheres idealizadas por Loretta Case? Nada! É preciso senti-las e usá-las como fonte diária de inspiração, pois elas não medem esforços nem se importam com qualquer tipo de barreiras de nenhum nível para superar as dificuldades e alcançar seus objetivos. Confesso que fui  bastante surpreendida com a personalidade de Clara Fairfax e tenho de afirmar que Loretta deixou a melhor história para o final. Os piores momentos foram os que Clara esteve acamada com Tifo e prestes a morrer, cheguei a char que pela primeira vez o mocinho ficaria a outra metade do livro remoendo sua perca.


                Adorei o fato da autora ter abordado questões sociais da época que não foram resolvidas e se arrastam até hoje, como a questão dos jovens infratores, o péssimo ensino direcionado as classes mais baixas e como as mulheres que procuram fazer a diferença em suas rodas sociais são vistas de maneira preconceituosa.


                Infelizmente com “Romance entre rendas” a série de “As Modistas” chegou ao fim, mas com certeza ela foi escrita para quebrar as regras que podem delimitar os romances de época e abre espaço para diversas discussões mais do que atuais.  


     Obrigada por acompanharem meu trabalho. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog e o canal do Youtube (Clique aqui para se inscrever). Bjoxxx e até a próxima =) 


Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário