[Resenha] Trama


 Título original: Woven
Autores: Michael Jensen e David Powersking
Editora: Arqueiro
  
                Nels foi criado em uma fazenda no meio da floresta e mesmo isolado do resto da cidade, ele sempre teve um único sonho: ser cavaleiro do reino de Avërand. Sempre obediente e bastante prestativo o rapaz é chamado de Cavaleiro de Vila das Pedras e tratado como um verdadeiro herói por todos que moram no vilarejo mais próximo a sua casa. Para a mãe do jovem o sonho do filho jamais deve acontecer, principalmente se depender dela, pois nada a magoaria mais do quê vê seu “filho perfeito” servindo ao apático monarca que ocupa o trono, um homem que no passado poderia ter mudado para sempre o destino dela e do filho.


                As vésperas do festival anual o jovem não poderá comparecer ao evento novamente, afinal de contas a mãe deixou todas as atividades relacionadas ao plantio dos alimentos a serem consumidos para última hora, com o objetivo de mais uma vez deixar o filho tão atarefado, que não sobraria tempo algum para ir ao festival. O quê ela não imaginava era que o rapaz receberia a ajuda inesperada de Ickabosh, o alfaiate do castelo. O velho foi mestre da mãe de Nels e ensinou tudo o quê ela sabe sobre a arte da costura, mas assim como tudo aquilo que está relacionado a antiga vida da família, foi mantido em segredo.


                Com ajuda de Bosh e sem que mãe soubesse, o rapaz parte para Vila das Pedras em busca de encontrar seu destino como cavaleiro. Ao vê a princesa Tyra chegando com a família real, o deslumbramento pela imagem da moça é instantâneo, mas o que ele não esperava era ser posto cara a cara com ela e vê que a beleza da princesa era proporcional ao seu nível de indiferença e antipatia pelo povo. Mesmo sem gostar do ambiente e percebendo que a razão da mãe em mantê-lo isolado fazia todo sentido, Nels aceita o desafio de lutar contra o Cavaleiro de Avënrad, o prepotente Arek  e disputar a recompensa do beijo da princesa. Mas, mesmo vencendo a luta, o cavaleiro de Vila das Pedras não recebe sua recompensa. E o pior de tudo, ao voltar para casa ele é assassinado por uma misteriosa figura.


                Agora, como fantasma Nels continua a vagar pela floresta em que passou a vida, mas ainda lhe resta um fio de esperança: a princesa Tyra consegue vê-lo e é sua única esperança de entender o motivo do crime e principalmente de trazê-lo de volta à vida. Como era de se esperar, à princípio a princesa não está nem um pouco interessada em ajudar aquele plebeu enxerido, mas à medida que o mistério da morte do rapaz vai revelado, os dois percebem que possuem uma ligação mais forte que a própria vida. Assim, com o objetivo de derrotar seu inimigo e de solucionar os problemas nessa batalha. Mas, eles precisam tomar cuidado pois o inimigo é bem poderoso e pode se disfarçar de qualquer pessoa, afinal ele é um Mestre das Tramas.


                O roteiro da história foi bem desenvolvido e segue uma linha bem linear, com pequenas inserções de cenas do passado que ajudam o leitor a entender melhor aquilo que está acontecendo no presente da narrativa. Aqui temos a presença da mitologia Basca, especificamente a Urdidura na qual o indivíduo, sua família, povo e tudo que o cerca está entrelaçado através de uma grande tapeçaria que é tecida com o fio da vida. Esse aspecto da história foi mito bem trabalhado pelos atores e está presente do início ao fim da narrativa. Como complemento, ainda temos a presença dos Vagas, um povo místico que pode ser facilmente associado aos ciganos que conhecemos.
               


                Em alguns momentos do roteiro os acontecimentos são frenéticos e bem empolgantes, mas também há aqueles momentos de pausa para dá um respiro nas cenas de ação. Acredito que esse é um dos poucos livros de fantasia escritos por mais de uma pessoa que deram certo.  

      Obrigada por acompanharem meu trabalho. Não se esqueçam de seguir as redes sociais do blog e o canal do Youtube (Clique aqui para se inscrever). Bjoxxx e até a próxima =) 




Share this:

JOIN CONVERSATION

    Blogger Comment

0 comentários :

Postar um comentário